Viajar é uma prática muito mais antiga do que você imagina

Estudos recentes mostram que europeus já exploravam a Ásia muito antes de Marco Polo

Há quem diga que a "mania" de viajar pelo mundo começou com Marco Polo, explorador veneziano que percorreu a Ásia durante o século 13. No entanto, achados recentes podem provar que Marco Polo não foi, nem de perto, o pioneiro nesse setor.

Artefatos encontrados por arqueólogos dentro do túmulo túmulo de Qin Shi Huang - o primeiro imperador da China, sugerem que os ocidentais já exploravam o oriente desde o século 3 a.C., muito antes de Marco Polo.

De acordo com a emissora britânica BBC, historiadores acreditam que representantes do Império Romano já viajavam para o oriente há mais de 1.500 anos, e que gregos antigos serviram de inspiração para a criação do conjunto de esculturas do Exército de Terracota na China.

Há indícios de que eles podem ter treinado os chineses para a elaboração das estátuas

Se artefatos artísticos e observações não são suficientes para lhe convencer de que o turismo é uma prática milenar, então considere os dados genéticos.

Amostras de DNA europeu também foram encontradas em sítios arqueológicos da província chinesa de Xinjiang, o que pode comprovar que nativos do Velho Continente já moravam na Ásia muito antes da criação do Império de Qin Shi Huang.


Comentários